Dirty Beaches

Dirty Beaches

O Elvis não morreu. Fugiu para uma ilha, lembram-se? O que ninguém sabia é que essa ilha das mega-estrelas aposentadas, onde vivem astros do calibre do rei do rock’n’roll, é um estado-nação chamado Taiwan. É de lá que Elvis, no corpo de Alex Zhang Hungtai, o senhor Dirty Beaches (a quem o jogo de ancas a pulsar rock não parece nenhuma ciência), e a sua guitarra a tresandar ao reverb primaveril da Califórnia, vêm. Dois anos depois de “Badlands”, o músico asiático está de volta com o seu empreendimento maior, o “Drifters/Love is the Devil”, em que se estreia acompanhado por banda, mudando completamente o modus operandi dos anteriores quatro registos de longa-duração. É que vamos tão vender a alma ao diabo este ano. Nunca vos disseram que no amor e no negócio vale tudo?

Vídeo

Bandcamp

Facebook

 


Loading