Ufomammut

Os Ufomammut são o resultado de uma mutação genética estranhíssima, que cruza as experiências psicotrópicas dos Pink Floyd com o peso arrastado da mitologia dos Black Sabbath e a culinária elaborada italiana – ou não fosse o trio de Tortona no Norte da bota europeia. “Oro”, o novo álbum, é fruto de todos esses elementos, sendo uma viagem alucinada conduzida por riffs e elaborado em dois actos, “Opus Primum” e “Opus Alter”. Ou seja, é um disco em tudo semelhante à confecção de uma pasta, preparando a massa e o molho separadamente. Não será preciso dizer que, tudo junto, é uma explosão de sabor, cor, sensação e, claro, metal de uma dimensão à parte. Depois agradecem.

Vídeo

Site

Facebook

 


Loading